Na Quinta do Louridal, ano após ano, colheita após colheita, dedicamos a criação de cada Poema aos nossos antepassados.

Somos a 6ª geração neste lugar onde desde desde o século XVI os nossos antepassados trabalharam a terra com a casta Alvarinho.
Em 2000 foi feita uma reestruturação da vinha, levada a cabo pelos predecessores Hermínio e Maria de Fátima - agraciada pelo Ministro da Agricultura de França em 2003 com a medalha de Chevalier de l'Ordre du Mérite Agricole e inestimável fonte de força e conhecimento. E criámos a marca Poema para dar a conhecer o néctar desta Quinta a terras mais longínquas.
Preservando a sabedoria passada de geração em geração continuamos a acompanhar a natureza, a saber preservar a sua essência para prolongar a sua magia.